3

www.facebook.com/marlenecamposmachado/

 

Mais de 200 matérias em todo o país e alguns do exterior divulgaram estudo coordenado

por Marlene Campos Machado

 

A presidente do PTB Mulher Nacional, Marlene Campos Machado, coordenou novo amplo estudo sobre a participação da Mulher na política, desta vez sobre o poder executivo, intitulado Ranking de Presença Feminina no Poder Executivo-2018, a partir de dados da ONU, Banco Mundial, CIA e TSE.

 

“Apesar de lançado há poucos dias, a repercussão foi ótima, já passaram de 200 matérias em sites e jornais de todo o país e do exterior. Independentemente do meu trabalho político-partidário, o estudo é totalmente apartidário, feito através do PMI, isso porque acredito que o papel militância política feminina política é maior do que apenas fazer reuniões internas, é preciso produzir conteúdo e pautar a sociedade, só assim teremos as reformas estruturais no sistema político para maior abertura da participação feminina”, destacou Marlene.

 

O Ranking de Presença Feminina no Poder Executivo-2018, produzido pelo Projeto Mulheres Inspiradoras (PMI) - Instituto apartidário dirigido por Marlene, analisa a participação da mulher no Poder Executivo, na posição de chefes de governo e ministérios, em 186 países, desde 1940 até 2018.

 

Confira a pesquisa na íntegra: http://urlmaster.com.br/ctratk/marlene-campos-machado/Ranking-de-Presen%C3%A7a-Feminina-no-Poder-Executivo-2018.pdf

 

Em sua seção internacional, o estudo analisa a evolução histórica da mulher no executivo e do sufrágio feminino no mundo desde 1940; a influência do gênero de chefe de governo sobre a quantidade de mulheres em ministérios; o número de habitantes governados por mulheres e a diferença de tempo em que as mulheres tiveram direito a participar da política em relação aos homens.

 

Já na seção nacional, o Ranking analisa todos os municípios do país, regionaliza a participação política da mulher no Brasil e realiza projeções futuras para se atingir a igualdade de gênero, a partir das eleições de Presidente, Governador e Prefeitos, além de analisar a evolução da representatividade da mulher no Executivo desde os anos 90.

 

Marlene também desenvolve trabalhos suprapartidários, como na coordenação de todas as alas femininas dos partidos políticos na campanha 'Mais Mulheres na Política', responsável pela formulação da PEC 98/2015 do Senado Federal.

 

No ano passado Marlene coordenou os estudos do Ranking de Presença Feminina no Parlamento 2017.

http://www.marlenecamposmachado.com.br/documentos/pequisa-presenca-feminina-no-parlamento.pdf

 

Confira algumas matérias sobre o estudo:

El país: Brasil, a lanterna no ranking de participação de mulheres na política
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/03/27/politica/1522181037_867961.html

 

Estadão: Mulheres levarão 47 anos para obter igualdade no comando de Estados
http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,mulheres-levarao-47-anos-para-obter-igualdade-no-comando-de-estados,70002245023

 

Jovem Pan: Participação feminina na política ainda é muito baixa
https://www.youtube.com/watch?v=y3tu1b7kdMM

 

Poder360: Brasil ocupa 161° lugar em ranking de presença feminina no Executivo
https://www.poder360.com.br/eleicoes/brasil-ocupa-161-lugar-em-ranking-de-presenca-feminina-no-executivo/

 

Correio Braziliense: Estudo: mulheres comandarão metade dos governos estaduais apenas em 2065
https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2018/03/28/interna_politica,669377/estudo-mulheres-comandarao-metade-dos-governos-estaduais-apenas-em-20.shtml

 

Portal Uol: Mulheres comandarão metade dos estados só em 2065, diz estudo https://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/agencia-estado/2018/03/28/mulheres-comandarao-metade-dos-estados-so-em-2065-diz-estudo.htm?cmpid=copiaecola

Facebook

Instagram