Minhas Propostas

img marlene machado ideias

Reforma fiscal:o governo custa 43% de todas as riquezas que a sociedade produz e gasta mais do que arrecada. Vou lutar pela redução de ministérios e dos gastos do Congresso. Temos que estancar essa sangria de recursos, afinal não há dinheiro público: o dinheiro é do cidadão;

Reforma tributária: Tenho dito em todas as minhas entrevistas que pretendo fortalecer e valorizar os municípios e isso é verdade. 67% dos recursos arrecadados no país são administrados pelo Governo Federal. Brasília pensa que é o Brasil, mas é preciso mudar essa situação porque o cidadão mora no município. Precisamos descentralizar esses recursos e lutar para que São Paulo, o Estado que mais arrecada no país, tenha um retorno maior dos impostos pagos pelos paulistas.  

  • Educação com resultados:  gastamos muito em educação (6% do PIB), mas 70% de nossas crianças não atingem nota mínima em matemática e 50% em língua portuguesa. Temos que investir mais em educação básica, valorizar os professores e promover a inserção profissional dos jovens;

  • Saúde com prevenção: vou lutar por um melhor programa de saúde da família; pelo fortalecimento da figura do nutricionista, evitando muitas doenças com o acesso à alimentação saudável; pela ampliação do acesso e da qualidade dos serviços públicos de saúde e pela valorização dos médicos;

  • Segurança e combate ao tráfico: somos um país extremamente violento, onde mais gente é assassinada do que na guerra da Síria.  Quero contribuir para o fim da impunidade e para promoção de incentivos e fortalecimento de trabalho de inteligência no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas;

  • Municipalismo e descentralização:67% dos recursos arrecadados no país ficam com o Governo Federal. É preciso descentralizar esses recursos e lutar para que São Paulo, o Estado que mais arrecada no país, tenha um retorno maior dos impostos pagos pelos paulistas.

  • Avança Brasil: vou trabalhar para diminuir o excesso de burocracia, facilitando os processos de abertura e fechamento de empresas e destravando os investimentos em infraestrutura e saneamento;

  • Mais mulheres no poder:quero lutar pelo aumento da presença feminina no Parlamento e pela ampliação do espaço de mulheres na direção dos partidos políticos;

  • Reforma política:  defendo a aproximação do povo e da política e a facilitação  da entrada de novas lideranças. 

  • Respeito às Minorias: vou defender o respeito a todos os grupos e etnias, não admitindo o racismo, pois acredito que o que distingue as pessoas é o caráter e não a cor da pele;

  • Deficientes: vou ser uma militante dedicada à luta por incentivos à empregabilidade e melhor qualidade de vida dos deficientes;

  • Envelhecimento saudável como prioridade: em breve, nossos idosos serão 40% da população e é preciso ampliar o número de centros de convivência; reduzir impostos dos remédios; e facilitar o emprego na meia idade.